Loading

Vocabulário

Capoeira De Ouro

Capoeira De Ouro um site pra alunos graduados de Mestre CHICOTE

Vocabulário

Abada Calça de capoeira

 

Academia Academia, escola

 

Agogô Instrumento formado de um ou vários sinos onde bate-se com uma baqueta

 

Aluno Aluno

 

Amazonas Toque, ritmo de berimbau

 

Angola Estilo tradicional caracterizado por movimentos de chão e malícia, « mandinga »

 

Angoleiro Jogador de capoeira angola

 

Apelido Apelido de capoeira. Na época que a capoeira era proibida no Brasil, os capoeiristas se davam apelidos para não serem reconhecidos.

 

Arame Fio de aço usado para a criação do berimbau

 

Armada Golpe de pé com rotacão do corpo

 

Aruandê Segundo W. Rego, corresponde à « A luanda ê » (capital da Angola)

 

Atabaque Tambor auto de som forte

 

Movimento acrobático de roda, « estrela »

 

Aù pesado Tipo de movimento de « estrela » onde os 2 pés tocam o chão abertos paralelamente e de forma simultânea, com um ângulo perpendicular à rotação da roda, « estrela ».

 

Aù Cordao de Ouro

Tipo de movimento de « estrela » que começa com uma negativa, apoiado sobre um dos braços, leva-se os dois joelhos ao peito e remonta as duas pernas no alto, recolhe os joelhos novamente no peito e termina com negativa do outro lado.

 

Axé Energia

 

Bantu Povo da África Central levado ao Brasil como escravo. Também é um grupo linguístico que vai da linha do Equador à África do Sul.

 

Barravento Ritmo de maculelê

 

Barro vermelho Lugar situado na Ilha de Itaparica, inspiração de músicas.

 

Bateria Osquestra da roda. Na capoeira angola é composta de 3 berimbaus, 2 pandeiros, 1 atabaque, 1 agogo e 1 reco-reco. Na capoeira regional é composta de 1 berimbau e 2 pandeiros.

 

Batizado Momento de celebrar a entrada do aluno iniciante no mundo da capoeira

 

Bem te vi Pássaro ou apelido de capoeira, inspiração de músicas

 

Benção Golpe de pé frontal em direção ao peito do adversário

 

Benguela Estilo de capoeira regional

 

Besouro Mangangá

Apelido de Manoel Henrique Pereira, capoeirista legendário da Bahia, também conhecido como Cordão de Ouro

 

Biriba Madeira maçia normalmente utilisada para a fabricação do berimbau.

 

Brincadeira Jogo, diversão

 

Cabaça A cabaça vazia e seca se transforma em caixa de amplificação do berimbau

 

Cabeçada Golde de cabeça

 

Camará Diminutivo da palavra «camarada», companheiro de treino, amigo, irmão de capoeira

 

Candomblé Religião afro-brasileira

 

Cantiga Música, canto

 

Capoeira Erva rasteira, espaço onde os escravos tinha o hábito de praticar o jogo de capoeira

 

Capoeirista Jogador de capoeira

 

Cavalaria Toque, ritmo do berimbau, muito usado na época que a capoeira ainda era ilegal para prevenir a chegada da polícia, que vinha montada à cavalo, também conhecido como « aviso ».

 

Caxixi « Chocalho » feito com sementes secas, usado pelo tocador de berimbau

 

Chamada Utilisada na capoeira angola para fazer uma pausa no jogo ou para surpreender o outro jogador

 

Chão Solo, usado também para qualificar os movimentos baixos, como por exemplo « martelo de chão »

 

Chapa Golpe de pé frontal e lateral

 

Chibata Chicote. Nome dado para vários golpes de pé, e podem ser diferentes dependendo do grupo. Pode ser talvez um golpe dado no sentido exterior do corpo com a lateral do pé.

 

Chula Canto que segue a ladainha

 

Cocorinha Esquiva agaixada

 

Comprar o jogo Momento de comprar o outro jogador para se jogar na roda (na capoeira regional)

 

Cordao Corda colocada na cintura nas cores que se referem à graduação do aluno

 

Corrido Canto no qual o cantor principal repete uma ou duas frases e o coro responde com um curto refrão

 

Defesa Defesa

 

Dendê Óleo de palma que significa também « energia » na roda

 

Dobrão Antiga moeda brasileira que servia para tocar a corda do berimbau


Escravo Escravo

 

Esquiva Esquiva

 

Facão Facão usado no campo de cana de açucar, mencionado em algumas músicas e utilizado no maculelê.

 

Farofa Prato feito de farinha de mandioca regado de suco de carne, de peixe ou simplesmente de água quente.

 

Fazenda Durante à época da escravatura eram as grandes propriedades agréicolas onde trabalhavam os escravos

 

Fechar Expressão ligada ao candomblé (corpo fechado) e é utilizada para que a pessoa evite golpes graças à sua força e magia.

 

Feijão Base da comida brasileira e da tradicional feijoada.

 

Floreio Movimentos estéticos e acrobáticos

 

Formado Termo usado para o aluno que atinge um nível de formação ou de graduação

 

Frevo Passo de sansa e estilo de música pernambucana

 

Fundamentos Preceitos fundadores do jogo e das bases da capoeira

 

Galopante Ataque com as mãos.

 

Ginga Movimento de balanço do corpo, deslocamento da base e busca da base após uma esquiva ou ataque.

 

Golpe Ataque ou contra ataque

 

Graduado Aluno que atinge um nível de aprendizado na capoeira.

 

Guaiamus Pequeno caranguejo com uma pinça maior que a outra. Nome de uma antiga gangue de capoeiristas do Rio de Janeiro.

 

Guarda Posição de atencão e observação que permite fazer uma saída ao ataque. Existem 3 níveis de guarda, alta, média e baixa.

 

Gunga É a maior cabaça do berimbau, que emite o som mais grave.

 

Instructor Aluno que atinge um nível de aprendizado na capoeira, estando apto à dar aulas supervisionadas por seu mestre.

 

Iaia, Iôiô Termo usado pelos escravos para identificar o proprietário da plantação. Simplificação de « sinha » e « sinho»

 

Iemanjá Nome da divindade do mar no camdonblé Yoruba

 

Ilha de Maré Ilha localizada na baía de Salvador.

 

Iuna Toque do berimbau que, para alguns, imita o canto de um pássaro de mesmo nome e para outros imita um toque funerário.

 

Jogar Por em prática os ensinamentos da capoeira

 

Jogador Pessoa ou oponente qie está jogando

 

Jogo Momento onde os ensinamentos da capoeira são trabalhados entre 2 pessoas.

 

Ladainha Canto tradicional que inicia a roda e traz um ensinamento, homenagem, agradecimento ou desafio aos jogadores ou participantes

 

Lampião Virgolino Ferreira da Silva (1898 – 1938), foi um fora da lei nordestino, famoso no século XX. Ele é citado em várias músicas de capoeira.

 

Liberdade Bairro em Salvador com uma forte concentração de negros.

 

Maculêlê Dansa folclória que se pratica numa roda onde os jogadores seguram bastões de madeira

 

Macaco Acrobacia inspirada nos movimentos dos macacos

 

Maculêlê Dansa folclórica afro-brasileira que usa bastões de madeira simulando uma batalha de guerreiros.

 

Malandragem Arte de saber provocar o adversário, se esquivar, etc.

 

Malandro Ladrão, bandido popular.

 

Malicia Conceito tipicamente brasileiro de uma pessoa hábil e cheia de astúcias para enganar o adversário.

 

Maltas  Grupo de foras-da-lei do século XIX conhecidos no Rio de Janeiro pelo crime de « Capoeiragem »

 

Mandinga Conceito proéoxima da maléicia, primeiramente associado à capoeira angola, é considerado uma espécie de magia que ajuda à envolver e enganar o adversário.

 

Mandingueiro É a pessoa que pratica a madinga.

 

Manduca de Praia

Personagem famoso da capoeira do Rio de Janeiro

 

Marinheiro Marinheiro

 

Martelo Golpe de pé lateral

 

Médio Berimbau de tamanho e sons médios

 

Meia Lua de compasso

Golpe de pé rotatório com base das duas mãos no chão.

 

Menino, menina

Criança

 

Mestre Graduação máxima do praticante de capoeira

 

Moleque Palavra de origem africana que significa garoto, menino ou jovem sem responsabilidades.

 

Nagô Povo africano levado ao Brasil como escravo.

 

Navio negreiro Navio que transportava os escravos negros africanos.

 

Negaça Movimento enganador, finta.

 

Negativa Esquiva de chão com uma perna dobrada.

 

Ogum Orixá, Deus da Guerra.

 

Onça Animal e apelido de capoeira, tema de músicas.

 

Orixá Divindades africanas do Candomblé Yoruba: lemanjá, Oxalá, Ogun, Iansan, Xango.

 

Palma de Mão Batida das mãos que dá ritmo ao jogo da capoeira regional

 

Pandeiro Instrumento de percussão de origem árabe.

 

Paraná Estado brasileiro na região sul do Brasil.

 

Passagem Passar embaixo ou por trás do oponente.

 

Patuá Segundo W. Rego é um pequeno sachet que contém objetos para trazer boas energias à pessoa que utiliza, conhecido também por conter « Axé ».

 

Pau Madeira. Riqueza colonial do Brasil explorada até sua quase total extinção.

 

Parte do corpo, membro inferior que dá a base do corpo.

 

Peixe Animal aquático de água doce ou salgada.

 

Peixeira Arma branca do Pernambuco, em sua origem uma grande faca com lâmina muito pontuda e afiada, utilizada para cortar peixes.

 

Pelourinho Lugar público onde eram chicoteados os escravos. Localizado em Salvador da Bahia, é um antigo bairro popular e turístico.

 

Quadra Música composta de 4 versos

 

Queda de rins Movimento do corpo com base de um dos cotovelos apoido no rim

 

Queixada Golde de pé giratório

 

Quilombo Vilarejo no meio das florestas e matas onde se refugiavam os escravos. O mais conhecido chama-se Quilombo dos Palmares.

 

Rabo de arraia Golpe de pé circular com uma mão no chão.

 

Rasteira Deslize do pé no chão na tentativa de agarrar o pé do adversário tentando levá-lo à queda.

 

Rêco-rêco Instrumento musical feito de madeira com relevos que permitem o som feito por uma baqueta.

 

Regional Estilo de capoeira rápida e normalmente acrobática

 

Roda Lugar onde acontece o jogo da capoeira.

 

Rolê Movimento baixo de deslocamento do corpo que permite voltar para a ginga ou seguir com algum outro movimento.

 

Salto mortal Movimento acrobático que faz o corpo rodar quase 360° de costas

 

Samba de roda Variação do samba que normalmente é dansado no final da roda de capoeira.

 

São Bento Santo protetor dos capoeiristas, toque do berimbau na capoeira angola ou regional.

 

Senzala Bairro, habitação dos escravos que trabalhavam nas plantações de cana de açuçar.

 

Sequência Agrupamento de vários movimentos da capoeira.

 

Terreiro Lugar onde se pratica um culto religioso, como por exemplo no candomblé.

 

Tesoura Posição das duas pernasque criam uma alavanca no objetivo de fazer a queda do parceiro.

 

Tocar Tocar um instrumento

 

Toque Jogo ou estilo de ritmo tocado pelos instrumentos

 

Vadiar Se divertir, aproveitar o momento

 

Vatapá Prato típico da culinária baiana feito de farinha de mandioca, óleo de palma e pimenta, servido com peixe ou carne.

 

Valentões Homens considerados corajosos, expressão que caracteriza os capoeiristas do fim do século XIX e início do século XX.

Viola Berimbau com pequena cabaça que produz o som mais agudo e permite fazer muitas variações.

 

Volta do mundo Expressão usada na roda quando um dos jogadores quer fazer uma pequena pausa ou acalmar o jogo, rodando várias vezes até o recomeço do jogo.

Xango Divindade guerreira da religião Yoruba, ligada ao fogo, aos relâmpagos e trovões. Acrobacia de capoeira.

 

Zumbi Capoeirista místico que defendia o Quilombo dos Palmares das captanias portuguesas e tornou-se um herói do povo negro.

 

%d blogueurs aiment cette page :